O Que Todo Mundo Deveria Saber Sobre Iluminação.

A importância do equilíbrio da iluminação natural com a artificial, indispensável para uma boa qualidade de vida.


O ambiente mal planejado, afeta o nosso Ritmo Circadiano, conhecido como relógio biológico, são células cerebrais dedicada a regular a temperatura corporal, entre outras atividades que acontece no nosso corpo.


Essas mudanças estão presentes tanto em plantas quanto em animais, os mamíferos dependem muito mais deste ritmo, mesmo quando não há estímulo externo.


A condição do ambiente externo, claro ou escuro, exerce uma influência sobre seu funcionamento. Nas 24 horas diárias, acontece entre o dia e a noite, nosso corpo busca sincronizar com o ambiente externo.


A influência deste desequilíbrio biológico, podemos sentir, quando dobramos de turno no trabalho, viramos a noite dançando, ou mudança brusca de fuso horários diferentes, chamado de distúrbio temporário do sono.


Este desequilíbrio é presente em nosso meio habitar, muito encontrado em obras irregulares. Em fevereiro de 2013, a NBR 15.575 veio para garantir padrões mínimos de qualidade e conforto, na construção de habitações, tornando indispensável para um projeto bem feito.


A simulação do desempenho Lumínico, integrando logo no início do projeto da arquitetura, possibilita prever o equilíbrio necessário para iluminação natural com a artificial. Mesmo em projetos já edificadas, também há solução, é possível realizar a simulação, resultando em um diagnóstico.


Compatibilizando com seu uso, a redução do consumo da energia elétrica, será otimizado, beneficiando também o nosso bolso, e claro, contribuindo para o equilíbrio do ritmo circadiano humano.

Muito se notícia sobre o sol como um grande vilão. Pessoas investindo em cortinas com objetivo de isolar totalmente o sol, protetor solar muito recomendado pelos dermatologistas. Analisando melhor, por mais que a exposição solar seja questionável, existem soluções arquitetônicas atuais disponíveis, para que essa integração ao ambiente, ocorra de forma saudável e confortável.


Essa dupla dinâmica, a iluminação natural e a artificial, contribui para a nossa qualidade de vida. Sem o equilíbrio delas, desenvolvemos distúrbios emocionais, baixa vitamina D, estresse, alergias entre outros.

Projetos com mais equilíbrio na iluminação, contribui para ambientes mais econômicos, qualidade do bem-estar, manutenção preventiva e corretiva da nossa saúde, e o nosso meio ambiente se enriquece.


Deixe aqui seu comentário.


7 visualizações0 comentário